Busca Artigos:

Leitura Recomendada

Menu

Integralismo Linear Academia Integralista Flor de Liz Linear Flor de Liz Integral

« Voltar

As Duas Faces de Satanás

08/01/2009

As duas faces de satanás

Extraído do livro Páginas de combate, Plínio Salgado, 1937

"O comunismo não é uma causa: é um sintoma. O mal não é o comunismo em si, porém o mal são as causas que geram o comunismo. O comunismo, por conseqüência, não se acaba com violência, com opressões e fuzilamentos: acaba-se com a extinção das fontes de que ele provém.

É preciso encararmos o comunismo sob os dois aspectos pelos quais ele se apresenta: o intelectual e o moral. Sob o ponto de vista intelectual, o comunismo só pode ser combatido eficientemente pela crítica, pelas idéias, no livro, na tribuna e na imprensa. Sob o ponto de vista moral, o comunismo só pode ser combatido pelas medidas que melhorem o sofrimento da massa e pelos exemplos de virtude. Tanto o estado de espírito do intelectual como o estado de espírito do inculto, porém sentimental, só podem ser substituídos por uma nova concepção da vida. Será, porém, inútil, tanto a ação do pensamento como a ação do sentimento, se ela não for prestigiada pelo exemplo. Estancar as fontes geradoras do comunismo --- eis o trabalho dos Integralistas e cidadãos de bem.

Onde estão as fontes do comunismo?? No materialismo burguês. Com que autoridade um materialista pode declarar-se inimigo do comunismo? Sua atitude reacionária só consegue irritar ainda mais os humildes, os infelizes e despossuídos. Seu ódio anima o ódio dos contaminados pelo bolchevismo. Seus instintos fúteis sanguinários não fazem mais do que acender mais ao vivo as cóleras da multidão.

É muito comum escutar um burguês dizer: “ o que o governo deve fazer é fuzilar os comunistas!!”. Esse o pensamento mesquinho do endinheirado. A gente olha para o burguês e ele está bem vestido, charuto na boca, acaba de descer o elevador do Jockey Club, onde levou duas horas almoçando num restaurante elegante. É casado, mas daqui a pouco estará se reunindo com outra mulher. Esta manhã esteve na praia, seminu, fazendo conquistas baratas. Sabe de numerosos casos de adultério galante e conquistas. Tem ódio dos comunistas e acha que o governo deve fuzilá-los. Esse burguês vota um desprezo profundo pelos humildes. Essa gente para ele cheira a suor e cebolas. Grita com os criados, maltrata os garçons. Faz o maior pouco caso do estudante pobre, do soldado heróico e daqueles que guardam sua casa como cães de fila. Caçoa do brasileiro do sertão, e do homem de cor. E para combater o comunismo exige a polícia e a metralha.

Não, o comunismo não se combate assim. O comunismo é apenas um sintoma do materialismo grosseiro de que o burguês é a fonte originária. O nédio burguês é ateu e não respeita a família. Leva uma vida de macaco, só pensando em prazeres, com o nariz a cheirar rabos de saia e agindo com esperteza nos negócios. Convém para ele que o operário seja religioso apenas para não incomodá-lo com rebeliões. Para ele a Pátria é uma coisa boa, porque para ele a Pátria não são as milhares de pessoas que sofrem, porém a polícia, os agentes de segurança e a metralha que garantem seu patrimônio.

Estão muito enganados, os burgueses. O que nós Integralistas combatemos é a raiz do problema. Em primeiro lugar, combatemos é o materialismo, o sensualismo, a grosseria dos sentimentos, o domínio dos instintos. Sem combater isso, como conseguiremos combater o comunismo??..."

A Palavra do Chefe
A Palavra de Gustavo Barroso
A Palavra de Miguel Reale
A Palavra do Integralismo
A Palavra do Integralismo Linear
Anil Loja Virtual TV Editora Linear

MIL-B (2008) - Desenvolvimento: MILB - Todos os direitos reservados | Versão 1.0
xhtml1.1css