Busca Artigos:

Leitura Recomendada

Menu

Integralismo Linear Academia Integralista Flor de Liz Linear Flor de Liz Integral

« Voltar

MIDIA DE MASSA, UNIVERSIDADES, SINDICATOS E ARTISTAS; INFANTARIA DO COMUNISMO NO BRASIL.

19/12/2018

MÍDIA DE MASSA, UNIVERSIDADES, SINDICATOS E ARTISTAS; INFANTARIA  DO COMUNISMO NO BRASIL.

Cássio Guilherme, Presidente do MIL-B

 

                        Passadas as eleições de 2018 e tendo vencido o pleito o candidato Jair Bolsonaro, supostamente de direita e nacionalista, faz-se necessário nossas observações para análise posterior dos fatos e do momento político. Frisamos mais uma vez que o MIL-B não se posicionou frontalmente a favor de ninguém, visto que somos contra essa respública de araque e todas as suas mazelas, incluindo a excrescência do sufrágio universal,  bem como desconsideramos essa divisão tosca de esquerda e direita. Todos trabalham para o Grande Capital Financeiro Internacional, o que pode ser confirmado ipsis literis pelas medidas que são tomadas por esses " governos". Menos mal a vitória do senhor Jair Bolsonaro, unicamente pelo séquito de que  afastou por enquanto a quadrilha de comunistas dos partidos de esquerda que assolava o país há mais de 13 anos e que saquearam despudoradamente o erário de forma jamais vista. Mas tudo continuará dantes como no quartel de abrantes. O sistema da escravidão brasileira aos Imperadores Argentários Internacionais permanece. Disso não temos dúvidas.

                        Mas nosso intuito não é o de situar a vitória do ex-deputado Jair Bolsonaro, mas sim mostrar e desmascarar o que a Mídia de Massa corrupta já vem fazendo. Mentiras deslavadas, unilateralidade de opiniões, futricas e fofocas contra os eleitos. As universidades públicas, outra trincheira de vitupérios contra o eleito,  por sua vez se transformaram em recantos de drogados, viciados, pernósticos, pervertidos de toda sorte; os sindicatos, braços dos partidos esquerdopatas,  fazem de tudo menos defender os direitos dos trabalhadores; e por fim, os ditos " artistas", figuras assoberbadas e egocêntricas, criadas pela Mídia de Massa,  que pensam influenciar a opinião das massas; no fundo um bando de esquizofrênicos hedonistas que só pensam em seus próprios interesses, principalmente financeiros e se sentem ofendidos quando a população descobre que são na verdade  pulhas mimados (a) da pior espécie que usam os canais de concessão da Mídia para se promoverem e saquearem o dinheiro público.

                        Interessante é que as ultra capitalistas emissoras de televisão e seus ultra endinheirados artistas defendem a pobreza e a suposta igualdade para todos. Não para eles, certamente. Talvez  pobreza para os outros e igualdade para os outros; faça o que eu falo, mas não faça o que eu faço. É motivo de status e admiração no Brasil ser rico, saquear os pobres, aviltar o dinheiro público e afirmar em rede de telecomunicação de massa que é contra a riqueza. Os paradoxos desses hipócritas justificam suas sandices. É algo que nem o mais hábil psiquiatra poderia diagnosticar. E os Sindicatos defendem ferozmente os regimes ditatoriais e as Nações onde não existem sindicatos e nem representação classista. É o cúmulo da paranóia ou da sem-vergonhice e mau-caratismo¿¿

                        Já há algum tempo as forças revolucionárias marxistas forjadas na Escola de Frankfurt e  no pensamento do Instituto Tavistok perceberam que a classe trabalhadora não teria condições de absorver o ideário comunista de destruição das Nações e dos seus valores. Por isso, e para isso,  centraram fogo nas Universidades e nos desmiolados que supostamente estudam lá e se tornam massa de manobra revolucionária. Sobretudo estudantes de humanas, visto que os estudantes de engenharia, medicina e áreas exatas não têm muito tempo para masturbações mentais de mudança do mundo. Os blue jeans , os transviados a la James Jean, os hippies, os goonies, os punks, os crashes, os grunges, movimentos alienígenas que influenciam o Brasil, se transformaram nos transgêneros e feministas do presente e do futuro, defendendo tudo que não presta para destruir a sociedade. E ainda exaltam os regimes ditatoriais de esquerda que não permitem essas bizarrices em seus territórios. Vai entender!! Parece que o cordeiro gosta do discurso do lobo que o culpa pela sua fome e o convence a se matar para alimentá-lo. A  Universidade pública É patrimônio nacional, custeado pela sociedade, escandalosamente usado para serviço político e ideológico tão explícito quanto desonesto, onde se ocultam autores liberais e conservadores, relegados ao mais empoeirado ostracismo. E o pobre trabalhador brasileiro tem que sustentar esses vagabundos travestidos de estudantes profissionais, que usam um lugar de estudo para formação de quadrilhas ideológicas de pensamento e ação. A tal autonomia universitária tem dado total  Em nome da pluralidade de idéias, os universitários-meliantes-ativistas se escondem para agir impunemente na destruição da Nação sendo financiados pela Nação.

                        Ou seja, a sociedade se transformou em refém moral e financeiro desses psicopatas esquerdistas da Mídia de Massa, das universidades, dos sindicatos e desses tresloucados modernos. E tudo pago com bastante dinheiro do contribuinte. Comunismo fabricado sobre medida para os idiotas mais avessos à realidade nacional. E os cidadãos financiando alegremente os carrascos que vão enforcá-los em futuro próximo. O Brasil realmente não é para amadores.

 

A Palavra do Chefe
A Palavra de Gustavo Barroso
A Palavra de Miguel Reale
A Palavra do Integralismo
A Palavra do Integralismo Linear
Anil Loja Virtual TV Editora Linear

MIL-B (2008) - Desenvolvimento: MILB - Todos os direitos reservados | Versão 1.0
xhtml1.1css