Busca Artigos:

Leitura Recomendada

Menu

Integralismo Linear Academia Integralista Flor de Liz Linear Flor de Liz Integral

« Voltar

O CONLUIO INDELÉVEL DO ESTADO, DA CORRUPÇÃO E DA CRIMINALIDADE

15/01/2017

O CONLUIO INDELÉVEL DO ESTADO ,DA CORRUPÇÃO E DA CRIMINALIDADE

 

CÁSSIO GUILHERME, PRESIDENTE DO MOVIMENTO INTEGRALISTA E LINEARISTA BRASILEIRO MIL-B, FUNDADOR DO LINEARISMO

 

 

 

                        No apagar da luzes do ano de 2016 a população brasileira foi bombardeada pela Mídia Amestrada com mais uma sequência de denúncias e notícias criminais, muitas, partes de um espetáculo televisivo, envolvendo o recém empossado " governo" títere do senhor Temer, que substituiu o " governo " títere da senhora Dilma . Para se analisar o contexto desses conchavos e conluios perfeitamente harmônicos entre o Estado e a Bandidagem institucionalizada, tanto de colarinho branco sofisticados  quanto de terroristas e vagabundos trapaceiros, devemos nos lembrar sempre da qualidade indelével do brasileiro, povo que adora os universalismos políticos e sociais e o sensacionalismo barato, sem nunca abrir mão de sua individualidade e seu jeitinho único de resolver as pendências e mazelas históricas do país. Resolvendo sempre de forma parcial e sem resolver nada...

                        Em meio a cenários de falcatruas colossais, contratos de licitação e serviços fraudados aos milhares, políticos envolvidos com contas no exterior, desvios monumentais de dinheiro da saúde e da educação, a Mídia Amestrada e igualmente corrupta, como uma espécie de mea culpa, transformou essa tristeza nacional num folhetim de novelas e romances, com decrição paulatina dos eventos de ladroagem a entreter o auditório. Quem assiste aos jornais e Programas tem a impressão que precisa assistir ao próximo para entender o quanto a patifaria nacional pode se avolumar e desrespeitar o sentido mais ínfimo de patriotismo e respeito ao bem comum e ao erário. E no meio dessas notícias circenses e roteirizadas de corrupção temos a Proposta de Reforma da Previdência, os acordos de leniência com empresas que na verdade são quadrilhas compostas para saquear o dinheiro do contribuinte, e até envio do dinheiro público para outros países como forma de canal de amizade multilateral. Não podemos também esquecer que a corrupção e safadeza no Brasil são conceitos com dimensões éticas e históricas. Os liberais que tanto clamam pelo Estado mínimo se esquecem de dizer que o mínimo é para o povo, para eles tem que ser o máximo, se possível paternalismo total do governo em suas arrumações ardilosas. O patrimonialismo, o fisiologismo e o clientelismo no Brasil são idéias que ganham roupagem de liberalismo e adoração do livre mercado. Os interesses dessas empresas, com o beneplácito dos políticos em todas as esferas do dito "governo", estão acima de qualquer coletivismo ou interesse social. TODO PODER AO BANQUEIRISMO INTERNACIONAL, essa a missão dos Estados no Ocidente, no mundo moderno, incluindo o Brasil.

 

 

 

                        Interessante notar também que o suposto Estado soberano se mostra supostamente eficiente em detectar as falcatruas e trapaças e tentar arrancar as confissões dos lambaris-tubarões que representam a máquina sofisticada das negociatas entre quadrilhas e políticos. Mas e a prevenção?? Como se permite tamanho desvio de recursos nas caras e nas barbas do COAF, da CVM ( Comissão de Valores Mobiliários), dos TCUs ( Tribunais de Contas da União) em montantes tão gigantescos sem que nada seja percebido, como alguém que faz mágicas na frente do auditório sem que ninguém perceba a explicação do truque?? O Estado brasileiro moderno é o agente operacional do crime no poder legalizado. A simbiose entre os velhacos que roubam o povo e o Estado parece que se transformou na regra de conduta operacional dos governantes e dos empresários ( quadrilheiros). AS medidas punitivas vão em progressão geométrica, enquanto as medidas preventivas em progressão aritmética, e a indignação quanto a isso parece inexistente. E para citar um exemplo ilustrativo, uma das quadrilhas- empresas, a ODEBRECHT, firmou acordo com a justiça pedindo perdão e devolvendo 10% do que surrupiou do povo, e tudo ficará numa boa, inclusive a dita empresa podendo contratar novamente com o Ente governamental.  O arrependimento com lágrimas de crocodilo no Brasil sentimental e tolerante parece ser uma saída muito louvável para safar bandidos. Assim como ser de esquerda no Brasil, é uma opção de sobrevivência lúdica hoje em dia.

                        No despertar do ano de 2017, com os massacres de presos nos presídios, inclusive com decapitações e canibalismo, gestos que fariam os bárbaros islâmicos financiados pelos EUA corarem de vergonha e inveja, temos as próximas medidas do governo que é o patrocínio escandaloso do  crime organizado e planejado, em sua mais lídima definição. As dívidas externas e internas já representam 70% do PIB brasileiro, com juros de 8 a 9% ao ano, sustentando a voracidade dos vampiros do banqueirismo internacional, que são os verdadeiros governantes do Brasil e fomentadores do status de irregularidade no sistema. Massacres, novelas de corrupção na Mídia, medo na população, mudanças calculadas pelos políticos para que nada mude no final, povo com índices de 15% de desemprego. Supersalários na Administração, enquanto o Presidente diz que temos que cortar gastos; fisiologismo com o dinheiro alheio, Estados da Respública de araque falidos sem pagar salários. Filme de terror Nacional?? Que nada ,cotidiano do brasileiro para o Sec XXI. O que interessa é que estamos próximos do carnaval e haverá cerveja e churrasco no fim de semana. Avante Brasil!! 

A Palavra do Chefe
A Palavra de Gustavo Barroso
A Palavra de Miguel Reale
A Palavra do Integralismo
A Palavra do Integralismo Linear
Anil Loja Virtual TV Editora Linear

MIL-B (2008) - Desenvolvimento: MILB - Todos os direitos reservados | Versão 1.0
xhtml1.1css