Busca Artigos:

Leitura Recomendada

Menu

Integralismo Linear Academia Integralista Flor de Liz Linear Flor de Liz Integral

« Voltar

MIL-B NA MÍDIA

07/05/2011

A chamada à matéria teve destaque na primeira página do jornal “O Liberal”, da cidade de Americana, na edição deste último domingo (01/05/11).

“As cidades localizadas num raio de 50 quilômetros de Americana concentram grupos de extrema-direita de variadas ideologias, desde os integralistas – que pregam o fim dos partidos políticos – aos neonazistas, que defendem o uso da violência e o extermínio.”

Capa do Jornal O Liberal de Americana

A cidade de Campinas abriga a sede de uma das três correntes do movimento integralista atual, o MIL-B, que se inspira no movimento fundado por Plínio Salgado na década de 30. O Movimento Integralista histórico possuía em sua liderança pessoas como Gustavo Barroso e Miguel Reale. Segundo a reportagem, os movimentos integralistas atuais procuram “se dissociar dos grupos extremistas mais violentos como skinheads e neonazistas”:

“Apesar da inspiração fascista ter marcado a origem da AIB, seus herdeiros procuram se dissociar dos grupos extremistas mais violentos como skinheads e neonazistas. Nas reuniões, a saudação romana ao estilo fascista é acompanhada pelo grito da palavra ‘Anauê’, que em tupi-guarani significa ‘você é meu irmão’.”

FOTO DA SEDE DO MIL-B EM CAMPINAS

Entrevista do Presidente do MIL-Bque teve destaque no Jornal:

“Brasil está vivendo momento esquerdopata”

Cássio Silveira, presidente do Movimento Integralista e Linearista Brasileiro (MIL-B), fala das propostas que o grupo defende:

O Liberal: O que vocês defendem?

Cássio Silveira: Damos continuidade ao trabalho da antiga Ação Integralista Brasileira, que foi o maior movimento político da história do Brasil e também o maior partido político do país. Nenhum partido político na história do Brasil conseguiu ter mais adeptos do que a AIB. Campinas, Americana, as cidades do interior todas tinham representação integralista. Nosso objetivo principal é esse, dar continuidade e divulgar uma nova proposta política.

O Liberal: Quais os pontos principais da proposta integralista atualmente?

Cássio Silveira: O primeiro é a apresentação de uma proposta nacionalista, não só transformar a base política do país, mas a própria atitude do cidadão. O segundo ponto é o combate ideológico tanto à ideologia capitalista liberal quanto à comunista, que no nosso entender são vertentes do mesmo ventre, o império das finanças, que é justamente quem governa as nações hoje. O terceiro ponto é uma proposta política não baseada no que temos hoje, de sufrágio universal, de partido políticos, isso tudo para nós é uma mentira. A proposta integralista é baseada na democracia orgânica. Ao invés de partido políticos, a representatividade seria feita através de sindicatos e de associações de classe. São esses os três pontos que herdamos do primado da AIB e debatemos agora no século 21. Os partidos políticos, no nosso entender, são apenas empresas para saquear o Estado, para ganhar eleições.

O Liberal: Qual ponto em comum do integralismo dos demais grupos de extrema-direita como os skinheads?

Cássio Silveira: O que a gente pode chamar de ponto em comum é que eles se autointitulam contra as esquerdas. Já tivemos aqui gente que quis participar e que se autointitulava skinhead, mas não tinha fundamento doutrinário. Se você pegar um garoto deles e perguntar qual a proposta para suplantar essa tese “esquerdopata” que o Brasil vive, não vai saber dizer.

O Liberal: Qual a proposta defendida pelo integralismo para o Brasil?

Cássio Silveira: Não existe caminho político atual no Brasil, nem de esquerda nem de direita. O que o Brasil faz hoje, quero deixar bem claro, o governo brasileiro apenas cumpre ordens que vêm dos financiadores de Wall Street e da City de Londres. Não existe PMDB, PT, isso tudo é fachada, todos eles obedecem a um único caminho, que é o caminho do poder do dinheiro, do bezerro de ouro.

O MIL-B e a SENE agradecem ao jornalista Wander Pessoa que nos contactou e colocou o nosso ponto de vista num jornal de tão grande circulação na região. Só para se ter uma idéia, uma propaganda de página inteira no Jornal, num domingo feriado como o 1 de maio não sai por menos de 500 mil reais.

VEJA A OUTRA REPORTAGEM DA MATÉRIA NO SITE

http://www.inacreditavel.com.br/novo/mostrar_artigo.asp?id=904

A Palavra do Chefe
A Palavra de Gustavo Barroso
A Palavra de Miguel Reale
A Palavra do Integralismo
A Palavra do Integralismo Linear
Anil Loja Virtual TV Editora Linear

MIL-B (2008) - Desenvolvimento: MILB - Todos os direitos reservados | Versão 1.0
xhtml1.1css